10 anos de Camp Rock e a saudade bate forte

10 anos. Sim. Crianças de 11 anos não sabem a preciosidade que foi Camp Rock para o mundo da música e da […]

10 anos. Sim. Crianças de 11 anos não sabem a preciosidade que foi Camp Rock para o mundo da música e da Disney. Além de lançar os então Jonas Brothers para um público maior, sendo o predecessor da boy band One Direction, e da princesa do pop Demi Lovato, o musical do Disney Channel fechou uma “era de ouro” de filmes adolescentes com trilhas sonoras viciantes.

Além de terem se separado como banda e não terem mais o voto de castidade que tanto chamou a atenção das fãs, os irmãos Jonas mudaram bastante seu visual. Demi Lovato então, nem se fala. A atriz/cantora fez uma carreira musical forte, no meio de reabilitações devido o consumo de drogas e sua bipolaridade. Agora, envolvida numa vida fitness, se dedica a ser uma inspiração para as pessoas. Veja a diferença dos principais:

 

 

Na história de Camp Rock, Mitchie Torres (Demi Lovato) quer desesperadamente passar o verão em um acampamento de rock, mas a única maneira pela qual pode entrar é trabalhando na cozinha. Shane Gray (Joe Jones), um astro pop adolescente é mandado pela sua gravadora e seus irmãos para o mesmo acampamento, numa tentativa de diminuir o estrelismo do moço. Quando Shane escuta a voz de Mitchie pela primeira vez, se apaixona e se dedica a encontrar a dona da voz.

Relembre os melhores momentos dessa preciosidade de 10 anos atrás:

 

Aquele momento que nos apaixonamos por Demi:

 

E o sinal de “tanto faz, seu grande perdedor”, feito pela menininha mal amada que era Tess Tyler:

 

 

Quando Joe Jonas, como Shane Gray, nos fez desejar que tivéssemos um encontro romântico no lago:

 

 

E a maior intervenção em musical adolescente com vozes que combinavam demais e no melhor clima de romance e quando Joe nos deu novos motivos para se apaixonar acho que to meio empolgada, desculpa

 

 

Com Camp Rock aprendemos porque o visual emo era tão legal, a importância de valorizar suas origens, acreditar em si mesmo e de sempre respeitar a sua mãe. Ah, e que uma estrela pop pode, sim, se apaixonar por você. São boas lições para crianças de 12 anos.

Apesar de toda treta que já aconteceu na vida dos artistas e o tempo que passou, os grandes fãs ainda conseguem cantar todas as músicas da trilha sonora Que deixou High School Musical no chinelo, como: “We Rock”, This is Me” e “Play My Music”. Além de tirar a maior lição de todas: há esperança pra todo mundo.

SOBRE O AUTOR

Ana Szezecinski

Aquela do sobrenome complicado e que usa protetor solar 50. Jornalista.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.