Ariana Grande em capa de revista é a melhor coisa que você vai ver hoje

Em entrevista à Elle, Ariana Grande demonstra maturidade no posicionamento nas redes sociais. Desta forma, se consagra como ícone que essa geração precisa.

Não só Ariana Grande é a nova diva da comunidade LGBT segundo a Billboard, como ela está se tornando aos poucos um ícone feminista. Sua feminilidade entra em contradição com o que muitas pessoas pensam sobre o movimento feminista, o que torna a estrela bem didática. Após se tornar a capa da revista ELLE dos Estados Unidos, Ariana pode exemplificar seu crescimento nos últimos anos.

 

A conversa como solução de problemas

Invés de focar sua carreira em cantar músicas e ganhar dinheiro, o posicionamento da artista vai além. Utilizando uma linguagem “jovem” com várias abreviaturas na redes sociais, Ariana se posiciona sobre relacionamentos abusivos, comentários sexistas e opiniões tóxicas sobre seus amigos. Ela ainda afirma que não vai ficar calada quando vê algo errado, porque acredita muito no diálogo e na construção de seres humanos através dele.

 

grande2

 

Certamente foi o que aconteceu recentemente com os novos anúncios dela e de Bieber. Ela com o seu noivado com o comediante Pete Davidson e o noivado de Justin Bieber com Hailey Baldwin. Após comentários rudes nas redes sociais contra os compromissos, Grande afugentou a maldade enfatizando que os quatro são humanos que amam. Desta forma, não vai aceitar opiniões venenosas sobre o amor. Pesado né?

 

Ariana Grande contra o machismo

Inesperadamente, quando seu ex namorado Mac Miller sofreu um acidente de carro por dirigir embriagado, um seguidor do Twitter culpou Ariana Grande pelo ocorrido. Ademais, o acontecimento ocorreu pouco tempo depois do término do namoro. O posicionamento dela foi forte:

É um absurdo que você minimize o autorrespeito e autovalorização de mulheres ao dizer que alguém deveria ficar em um relacionamento tóxico. Culpar ou julgar uma mulher pela falta de capacidade de um homem cuidar de sua própria vida é um baita problema.. por favor, pare de fazer isso.

 

grande1

 

Inesperadamente, o usuário pediu desculpas e ela aceitou. Assim sendo, Grande demonstra que tem força o suficiente para ser um novo ícone para esta geração de jovens: alguém que se respeita, não teme se sentir bonita e que incentiva o diálogo.

SOBRE O AUTOR

Ana Szezecinski

Aquela do sobrenome complicado e que usa protetor solar 50. Jornalista.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.