As 100 melhores músicas do século 21

Descubra quais foram as 100 músicas que mais marcaram 20 anos, o top 10 e óbvio – a melhor música do século.

Esse século já tem 18 anos e invés de fazer a piada de “já pode ir preso”, a Rolling Stone decidiu fazer algo diferente. A revista reuniu especialistas, críticos e músicos para decidir quais são as 100 melhores músicas desde 2000. Além de querer ouvir todas as músicas, ficamos, acima de tudo, com vontade de saber quem tirou o primeiro lugar.

As 10 melhores músicas

Vamos te poupar o trabalho e resumir as 100 em 10. Claro que isso não exclui a sua responsabilidade como amante de música de criticar cada escolha. Portanto, fica a tarefa de ver os outros 90 colocados neste link.

Veja as top 10 aqui

10. “Last Nite,” The Strokes

Saindo do rock alternativo para o rock’n’roll, muitos disseram que “Last Night” não tinha nada a ver com The Strokes. Como resultado, parece que a música de 2001 provou um ponto inegável: quando algo é bom, é bom.

 

 

9. “Royals,” Lorde

A música que critica as roupas bonitas, carros luxuosos e plásticas marcou bastante 2013. Com o intuito de considerar toda a futilidade como algo ridículo, Lorde garantiu a posição.

8. “Rolling in the Deep,” Adele

Considerada um dos melhores crossovers musicais (rock, pop, R&B/hip-hop, dance e latino), a voz poderosa de Adele cantando sobre sofrimento marcou 2010. E acima de tudo, autoridade vocal.

7. “Runaway,” Kanye West feat. Pusha T

Talvez Kanye tenha razões para seu ego. Embora a gente ainda conteste suas produções e posicionamentos políticos.

6. “Maps,” Yeah Yeah Yeahs

Karen O escreveu a música de coração quebrado para o seu namorado na época, garantindo uma febre de vendas no mundo inteiro do álbum da banda.

5. “99 Problems,” Jay-Z

Segundo um estilo meio Beastie Boys, Jaz-Z conquistou seu espaço na lista. Misturando o antigo estilo de Def Jam e o futuro estilo de Kendrick Lamar com histórias de sobrevivência, ao passo que “99 Problems” faz críticas ao sistema, policiais corruptos e o complexo de prisões industriais.

 

 

4. “Hey Ya!”, Outkast

 Tentando misturar Ramones, Buzzcocks, Smiths, os caras do Outkast criaram o que é hoje uma das batidas de funk-rock mais conhecidas. Afinal, sempre da uma vontade de dançar loucamente quando ouvimos “Hey Ya!“.

3. “Seven Nation Army,” The White Stripes

Uma música sobre defesa, a batida do baixo tão marcante realizada pela banda eternizou o ritmo na mente de qualquer um que possa ter ouvido a faixa. Não apenas é incrível: os fãs do time de futebol da Seleção da Itália adotaram ela como hino de torcida.

 

2. “Paper Planes,” M.I.A.

A gravação de “Paper Planes” quase foi perdida depois de uma discussão entre M.I.A. e seu então namorado, Diplo. Ainda que não fosse a música favorita da cantora (não tendo tanta importância quanto as outras faixas dos álbuns), foi quando apareceu na soundtrack de “Pineapple Express” que a música despontou nos hits.

 

E a melhor?

1. “Crazy in Love,” Beyonce feat. Jay-Z

A decisão de da Rolling Stone não foi a toa: a primeira música do casal The Carters, quando estavam no início do relacionamento. O sentimento de nostalgia que “Crazy In Love” é bem curioso: ao mesmo tempo que dá uma saudade da época, o ritmo ainda se encaixa com qualquer pop atual.

 

 

Os anos 2000 produziram uma grande quantidade de música boa, mesmo que os antigos digam o contrário. Porém, diferente das outras décadas anteriores, temos muito mais possibilidades de ouvir faixas novamente. Foram 18 anos de incríveis artistas, estilos e vozes. Com temas que envolvem amor, traição, luta e crítica social, podemos dizer que nossa música era muito boa.

 

SOBRE O AUTOR

Ana Szezecinski

Aquela do sobrenome complicado e que usa protetor solar 50. Estudante de jornalismo.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.