Avril Lavigne anuncia novo álbum após 5 anos

Sim, ela ainda está viva. Não, ela não parece que envelheceu. A eterna princesa do rock, Avril Lavigne, anunciou em entrevista que está […]

Sim, ela ainda está viva. Não, ela não parece que envelheceu. A eterna princesa do rock, Avril Lavigne, anunciou em entrevista que está preparada para um novo álbum. A previsão é de que em duas semanas ela lance o disco com uma série de músicas novas e mais “poderosas”. O último álbum da artista foi em 2013, intitulado “Avril Lavigne”. 

Mas calma esse coração porque ela não divulgou nada: letra da música, estilo nem se vai ser adequado para os fãs de sua idade. Mesmo que ela seja chamada de vampira por não envelhecer, é inegável dizer que a cantora já tem 33 anos né.

Segundo a entrevista para o E! News, Avril está trabalhando no álbum há três anos já. O que mais impediu seu lançamento foi a doença que revelou ter em 2015, a doença de Lyme e a separação do cantor Chad Kroeger. Em 2010, a cantora criou a Fundação Avril Lavigne ROCKS, que ajuda crianças com doenças e deficientes.

O que é a doença de Lyme?

Grave, mas curável, o problema é causado por uma bactéria e transmitido pela picada do carrapato-estrela, o mesmo que veicula a febre maculosa. Os sintomas, que podem durar semanas ou meses, são febre, dores de cabeça, manchas vermelhas pelo corpo, dores musculares e articulares e mal-estar geral.

Teorias de conspiração com a Avril 

Você sabia que existe uma teoria de que a cantora morreu em 2003 e foi substituída por um dublê? Daí a justificativa de ter mudado totalmente seu estilo musical, o tom da voz e o excesso de rosa em seus clipes, coisas que era totalmente contra no início de sua carreira. Louco né?

 

SOBRE O AUTOR

Ana Szezecinski

Aquela do sobrenome complicado e que usa protetor solar 50. Jornalista.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.