Como aproveitar o tempo em casa com as crianças

  Se para nós, adultos, já é difícil ficar obrigatoriamente em casa, imagine para as crianças. Acostumados a correr, pular […]

 

Se para nós, adultos, já é difícil ficar obrigatoriamente em casa, imagine para as crianças. Acostumados a correr, pular e brincar o dia todo, os pequeno ficam com o estoque de energia carregado. Por isso, é importante ter cartas na manga para que essa carga seja aproveitada da melhor forma possível.

 

1 – Jogos de tabuleiro e cartas

Uno banco imobiliário são ótimas opções para os maiores, e é claro que chega em um momento que tudo se torna tedioso. Por isso, a dica é: invente novas regras para as brincadeiras, jogar de maneira diferente pode manter o interesse por mais tempo.

Já para os menores, o aconselhado são jogos da memória, para trabalhar o intelecto. Se você tiver uma impressora em casa e papelão (caixas de sapato), é só pesquisar no Google e escolher o jogo do personagem preferido da criança, são várias as opções.

 

2 – Colorir

Nos primeiros anos escolares, as crianças realizam atividades que despertam a curiosidade e exploram o novo, plantam o feijão no algodão, brincam com tintas, etc. É importante continuar com estas atividades, mesmo em casa, porque colorir vai ajudar o pequeno a descobrir as cores, além de que ao manusear as tintas com as mãos ele (a) terá sensações novas.

Estenda um lençol velho no chão, dê folhas, pratos descartáveis, ou até mesmo uma camiseta branca usada, tinta lavável e não se preocupe com pincéis. Vai sujar? Vai. Vai dar trabalho? Vai. Mas no final vale a pena aproveitar esse tempinho ajudando seu filho a descobrir o mundo.

 

3 – Contar histórias

Crianças têm imaginação fértil e é bem importante trabalhar em cima disto. Então brinque de contar histórias: cada integrante da família ajuda a criar, por exemplo, a “Maria” fala por alguns minutos, ela inventa personagens, aí o Joãozinho continua e segue inventando a história e assim por diante, até que todos os integrantes da família tenham contribuído para chegar a um final. Com certeza vai ser um conto bem diferente. 

 

4 – Ensine brincadeiras da sua infância

Aproveite este tempo para mostrar algumas brincadeiras que não utilizam tecnologia, como: elástico de mão e de pé, estátua, 5 marias, detetive, elefante colorido… Lembre-se apenas de que devem realizar as atividades dentro de casa, portanto, atividades que envolvam bola não são recomendadas. 

 

 

* Essas dicas são baseadas em depoimentos e sugestões da internet, eu não tenho filhos para garantir se funcionam. A intenção é ajudar a descobrir atividades diferentes para manter as crianças calmas em casa. Então, peço para vocês, mães e pais, deixarem nos comentários a sua experiência.

SOBRE O AUTOR

Natalie Oliveira

Jornalista que ama séries e café - @natalieoliv_ no Instagram.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.