Aretha Franklin: entenda quem foi a Rainha do Soul

Se você curte Adele, Beyoncé e Amy Winehouse, você tem a obrigação de conhecer Aretha Franklin. Se não, te explicamos o porquê ela é reconhecida mundialmente.

Adele, Beyoncé e Amy Winehouse. Grandes artistas que sem uma inspiração em particular, talvez não alcançassem o que conseguiram na carreira musical. No caso, a grande Aretha Franklin. Ainda que elas cantem pop, é inegável que a primeira mulher – e negra – a entrar para o Hall da Fama do Rock sirva de modelo para as três. E a inspiração vai tanto de coragem para encarar a vida, do estilo de músicas e da potencial vocal.

 

Quem é Aretha Franklin

Aretha Franklin, considerada a “Rainha do Soul”, ritmo que mistura blues e gospel, faleceu hoje aos 76 anos, de câncer no pâncreas. Caso você não tenha se ligado ainda quem ela é, fica a dica: Say A Little Prayer” “Respect”. Ao mesmo tempo que a última é considerada um dos maiores hinos feministas, ela teve um sucesso inimaginável. Consequentemente, abriu a porta – e o dever – para os artistas começarem a se esforçar para atingir notas mais altas com frases mais impactantes.

Segundo o site Passagem de Som, a faixa permaneceu no topo dos charts mundiais por semanas em 1967.  Sucesso na Europa, Aretha conseguiu entrar nas paradas inglesas, inspirando novas artistas. Não a toa o eterno verão do amor seria também conhecido como “Retha, Rap and Revolt”, uma vez que faz alusão ao trabalho de Franklin.

 

 

Ao longo da vida, Franklin ganhou 18 Grammys e em 1987, entrou para o Hall da Fama do Rock and Roll. Nesse meio tempo, ela se tornou queridinha de muitos políticos: Martin Luther King Jr. (ativista pelo direito dos negros em 1960), Bill Clinton (presidente dos EUA entre 1993 e 2001), Jimmy Carter (presidente dos EUA entre 1977 e 1981), cantando na posse presidencial destes, e George W. Bush (presidente dos EUA entre 2001 a 2009). De Clinton, ganhou a Medalha Nacional de Artes. De Bush, ganhou a Medalha Presidencial da Liberdade, a mais alta honra civil, em 2005.

 

Aretha Franklin: para conhecer

Sobretudo, Rolling in the Deep“, “If I Were A Boy” e “Valerie” têm muito de Aretha. Portanto, se você gosta só um pouco de Adele, Beyoncé e Amy Winehouse e ainda assim nunca ouviu músicas da Rainha do Soul, fica a dica de três hits que deve ouvir:

1. “Natural Woman (1987)

2. “Think” (1980)

 

3. “A Change Is Gonna Come” (1967)

 

Agora é só colocar o play e sentir o quanto de sentimento que essa mulher colocava em todas as músicas. Afinal, não deixava ninguém além dela tocar o piano nas composições. Ela acreditava que seus fãs deveriam ter o melhor dela – e o seu todo.

SOBRE O AUTOR

Ana Szezecinski

Aquela do sobrenome complicado e que usa protetor solar 50. Jornalista.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.