Conheça o Facebook Watch, a futura concorrente do Youtube

O consumo do audiovisual vem aumentando cada dia mais, as grandes plataformas, como Youtube e Netflix, estão lucrando muito e […]

O consumo do audiovisual vem aumentando cada dia mais, as grandes plataformas, como Youtube e Netflix, estão lucrando muito e o Facebook está de olho há muito tempo!

 

No final de 2017, a empresa lançou o Facebook Watch uma plataforma de vídeos para competir com suas concorrentes. Ok, mas essa ideia foi uma fracasso, pois não há tantas produções boas e também a muitos vídeos clickbait.

 

No entanto o foco é mesmo criar conteúdos próprios, e logo de cara o Facebook anunciou os primeiros programas exclusivos do Watch (para os EUA); são eles:

  • My Social Media Life, reality show estrelado por David Lopez;
  • Championship Rewind, um documentário da NBA sobre o Golden State Warriors;
  • Science@NASA: uma série com episódios de até 5 minutos com curadoria da NASA sobre ciência descomplicada;
  • Gabby Live: um programa ao vivo apresentado pela autora de livros de auto-ajuda Gabby Bernstein;
  • Tiny Spaces: um show sobre arquitetura e decoração para ambientes reduzidos;
  • ExtraTime Live: um programa esportivo focado na MBL;
  • Safari Live: um show da National Geographic que trará transmissões diretas de safaris na África do Sul e Quênia;
  • Nas Daily: um reality show estrelado pelo rapper Nas;
  • Pretty Unfiltered: um programa motivacional;
  • WSL Surfing Sundays: esporte, que fará a cobertura dos eventos da liga mundial de Surfe;
  • Kitchen Little: um programa de culinária voltado às crianças, com dicas de chefs;
  • Major League Baseball Live: como o nome sugere, cobertura ao vivo dos maiores eventos da MLB;
  • Returning the Favor: série documental sobre pessoas que fazem a diferença em suas comunidades estrelado por Mike Rowe, do Dirty Jobs.

Nada muito interessante até o momento como grandes séries ou os próprios produtores de conteúdo audiovisual do Youtube usarem também o Facebook Watch.

O Facebook contou também que irá mostrar os vídeos com base no que o usuário e seus amigos curtem, trazendo uma maior interação e a permanência na rede social. A plataforma já chegou nos Estados Unidos e na Índia, agora eles querem expandir para outros países e quando chegar no Brasil, será que vai vingar?

Só vamos descobrir depois do lançamento que não tem previsão nenhuma.

SOBRE O AUTOR

Nicolas Esquirio

Publicitário em andamento, editor do blog Pixelados, faço dois podcasts bem maneiros e dois canais!

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.