Consumo de jogos eletrônicos cresce durante pandemia no Brasil

Episódio do Talk Mix abordou o campo de desenvolvimento de jogos, onde o Rio Grande do Sul é considerado referência

Imagem: Reprodução/Internet

A pandemia do novo coronavírus forçou muitas pessoas em todo mundo a permanecerem em casa. Sem as opções mais tradicionais de divertimentos, os games se tornaram uma alternativa para entretenimento.

Conforme a pesquisa da Consultoria Comscore, houve um aumento de cerca de 20% entre os brasileiros, no consumo de jogos e também nas visitas a portais de games em março, logo após iniciar as medidas de restrições no país. Já no mês de junho, a pesquisa apontou que 84 milhões, dos 122 milhões de brasileiros que estão conectados à internet, consumiram esse tipo de entretenimento.

O 2º Censo da Indústria Brasileira de Jogos Digitais, desenvolvido pelo Ministério da Cultura, em 2018, identificou o Rio Grande do Sul como um dos mais desenvolvidos em games do país. Isto se deve pela grande interação entre universidades e empresas, com apoio da Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais do Rio Grande do Sul (ADJogosRS).

Para abordar o assunto, em mais um episódio do Talk Mix, projeto desenvolvido por alunos de comunicação da Ulbra, Lisielle Zanchettin e Victor Leffa entrevistaram o Coordenador do curso de Jogos Digitais da Universidade Feevale, Eduardo Muller.

Conforme o coordenador, o mercado de games está em grande crescente, mas neste ano, em especial, os jogos estão possibilitando o contato e convívio de forma virtual, entre amigos e colegas. Eduardo ainda comentou sobre o novo projeto de estímulo do Governo do Estado, o programa GameRS.

Ficou interessado pelo assunto e quer saber mais sobre o desenvolvimento de jogos e o aumento desse mercado? Confira no podcast!

SOBRE O AUTOR

Rádio Mix

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.