Florence And The Machine lança álbum sobre liberdade

Florence lança o sexto álbum da carreira: “High As Hope” é um álbum sóbrio que não envolve desilusões amorosas

De um álbum devastadoramente incrível para um trabalho encantador. Depois do sucesso surpreendente de “How Big, How Blue, How Beautiful” (2015), Florence and The Machine lançou hoje o sexto álbum da carreira. Em contraste com o anterior, “High As Hope” traz composições suaves e que envolvem o tema liberdade.

 

Tchau, álcool

Em declaração à Billboard, Florence Welch afirmou que no álbum anterior estava sofrendo devido problemas amorosos. Consequentemente, se levou à consumir bebidas alcoólicas mais do que o usual. Ela complementou: “Eu estava uma bagunça, fazer cada música foi extremamente doloroso. Tudo era tão doloroso, eu estava com meu coração quebrado, não conseguia entender minha situação com a bebida”.

Escute o álbum
High As Hope

Passando por um processo de desintoxicação, a ruiva afirmou que compor “High As Hope” foi libertador . Ela não chega a confirmar que isso se deve à ausência da bebida em sua vida, mas afirma que só pode construir algo tão suave por ter chegado ao ponto de deixar o copo de lado. Conforme ela, quando se consegue fazer isso, todas as boas coisas e soluções começaram a aparecer.

 

Mudança visual

Ao apresentar músicas como “Hunger” Big God, a artista traz o colorido em seus clipes novamente – algo que não víamos desde Spectrum. No entanto, os clipes trabalham com cores mais suaves que seus trabalhos anteriores, ao passo que intercalam com o preto-e-branco elegante. As intervenções artísticas de pintores e escultores se mantiveram, confirmando a assinatura que começou a criar em Delilah, de “How Big, How Blue, How Beautiful” . Porém é em “Sky Full Of Song” que ela encanta.

 

 

Um presente de Florence para os fãs

Florence ainda declarou que a indústria musical está saturada de composições sobre desilusões amorosas. Portanto, mesmo que tenha escrito músicas no novo álbum que seguissem este tema, resolveu guardá-las para outro momento. Ela está cansada de falar sobre assuntos tristes e comprometida em liberdade.

 

florence1

SOBRE O AUTOR

Ana Szezecinski

Aquela do sobrenome complicado e que usa protetor solar 50. Jornalista.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.