Meninas Malvadas | Quarta-feira, 3 de outubro: dia histórico para os fãs

Em um dia que é duplamente importante na trama de “Meninas Malvadas”, vamos saber o que as quatro protagonistas fizeram depois desse grande sucesso do cinema

Hoje é quarta-feira e 3 de outubro, duas datas importantes para fãs de um grande sucesso do cinema. Estamos falando da comédia “Meninas Malvadas”, de 2004. Um clássico pop das telonas, cheio de frases e cenas marcantes, que rendem até hoje vários memes. O filme conta a história da adolescente Cady, que chega a uma nova escola e se depara com várias tribos diferentes. Mas a pior delas, sem dúvidas, é a liderada pela abelha-rainha Regina George, a garota mais popular da escola – e mais cruel também.

“Aquela é a Regina George, é o mal em figura de gente. Ela parece uma garotinha egoísta, traiçoeira e descarada, mas na verdade ela é muito, muito mais do que isso! Ela é a abelha rainha, uma estrela, as outras duas são os zangões dela”

É clássico o momento que vários alunos falam de situações… embaraçosas, vamos dizer assim, que viveram com a vilãzinha – nem tão “inha” assim. Mas enfim, como parte de um plano de vingança de uma ex-amiga de Regina, Cady se infiltra no grupo, faz a líder engordar e as zangões se virarem contra ela, entre outras coisinhas.

Meninas Malvadas

Se você não assistiu ao filme, ainda não entendeu o porquê uma quarta-feira e 3 de outubro são datas importantes no filme. Mas não tem problema, nós explicamos. Vamos começar pelo dia de hoje. Foi em 3 de outubro que Aaron Samuels, então namorado de Regina e por quem Cady estava tendo um crush, perguntou para ela a data e ela respondeu. Algo tão simples, mas que marcou a personagem. Vai dizer que você não lembra a primeira vez que o/a crush falou com você?

Meninas Malvadas

Já as quartas-feiras tinham uma regra especial pro grupo de Regina: era quando elas vestiam rosa. Se você não viu o filme, até vai. Mas é quase impossível que você nunca tenha visto essa frase por aí, nas redes sociais, nas legendas de fotos de alguém ou até em camisetas!

Meninas Malvadas

Então, para comemorar este dia histórico do cinema, vamos dar uma olhada no que as quatro protagonistas do filme fizeram depois do sucesso de “Meninas Malvadas”.

Meninas Malvadas

Lindsay Lohan, a Cady

Lindsay Lohan já era uma estrela quando participou de “Meninas Malvadas”, no fim de sua adolescência. A carreira dela havia iniciado na infância como modelo. Com 12 anos, já estrelava um filme da Disney, “Operação Cupido”, interpretando gêmeas. No mesmo ano de “Meninas Malvadas”, outro sucesso da carreira dela, “Sexta-feira Muito Louca”, em que sua personagem troca de corpo com a mãe, vivida pela veterana Jamie Lee Curtis. Por conta disso tudo, as expectativas eram grandes em cima dela. Ela própria afirmou certa vez que queria ser indicada ao Oscar antes dos 30.

Meninas Malvadas

Bom, hoje com 32 anos, podemos afirmar que a coisa não foi bem assim. Porque a carreira de Lindsay degringolou um pouco após “Meninas Malvadas”, com escolhas não muito boas, filmes bem criticados e oito indicações ao Framboesa de Ouro, o Oscar dos piores, com três vitórias pelo filme de terror “Eu Sei Quem Me Matou”. Além disso, Lindsay teve seu nome estampado nos jornais em várias polêmicas, envolvendo uso abusivo de drogas e álcool, brigas em público e até prisões (na verdade, várias prisões). Em entrevista a Oprah Winfrey, Lindsay admitiu ser viciada, pediu desculpas pelos escândalos e chegou a afirmar que estava falida.

Meninas Malvadas

No entanto, algumas coisas não mudaram. O último escândalo dela foi nessa semana, quando tentou tirar duas crianças de um casal de moradores de rua, alegando que eram refugiados sírios e que os pequenos precisavam de ajuda. O rebuliço foi transmitido ao vivo por Lindsay na sua conta do Instagram. Mas não terminou bem. O vídeo, que não está mais disponível na conta da atriz, termina aparentemente com ela sendo agredida. Quanto à carreira de Lindsay, no IMDb o próximo projeto que consta da atriz é a continuação de um telefilme… Uma pena ela não ter conseguido se manter no auge, né?

Meninas Malvadas

 

Rachel McAdams, a Regina George

Intérprete da grande vilã do filme, Rachel McAdams não era a opção inicial para viver Regina. Porque nem tinha idade para isso. Na época, a atriz tinha cerca de 25 anos, enquanto a personagem devia ter 16.

Meninas Malvadas

Mas fato é que hoje é impossível não imaginá-la na personagem. Bom, diferente de Lindsay Lohan, o projeto seguinte de Rachel já foi outro grande sucesso, com vários fãs ao redor do mundo. É o romance “Diário de Uma Paixão”, que estrelou ao lado de Ryan Gosling.

Meninas Malvadas

A carreira dela, aliás, passou a ser recheada de projetos interessantes, de diferentes estilos. Suspense, drama, aventura, filme de super-herói, animação e, claro, mais comédias. Neste ano, inclusive, esteve em cartaz na comédia non-sense “A Noite do Jogo”. Na lista, ainda tem recordistas de bilheteria como “Sherlock Holmes”, “Voo Noturno”, “Meia-Noite em Paris” “Doutor Estranho”.

Meninas Malvadas

Mas o grande destaque da carreira pós-Regina é mesmo “Spotlight: Segredos Revelados”. Porque foi o filme que lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. O longa, aliás, foi o vencedor de Melhor Filme daquele ano na maior premiação do cinema.

Meninas Malvadas

 

Lacey Chabert, a Gretchen

A personagem era uma das zangões de Regina, que não superava o fim do namoro de jeito nenhum. A sua intérprete, Lacey Chabert, não pode ser chamada de desconhecida, ao menos nos Estados Unidos.

Meninas Malvadas

Porque antes do filme já era uma dubladora de vários desenhos, como “Os Rugrats” e “Os Thornberrys”. Aliás, a carreira dela seguiu nessa linha, em projetos como “Bratz”, “Uma Família da Pesada” e videogames do “Star Wars”. Como atriz, participa de algumas séries e filmes principalmente para a TV. No cinema, o grande destaque da carreira foi mesmo “Meninas Malvadas”.

Meninas Malvadas

 

Amanda Seyfried, a Karen

Intérprete da mais ingênua das zangões, para não falar outra coisa, Amanda Seyfried também viu sua carreira deslanchar após “Meninas Malvadas”. O filme, aliás, foi o primeiro dela.

Meninas Malvadas

De lá para cá, esteve em vários sucessos. Um deles foi “Mamma Mia! O Filme”, em que interpretou a filha de Meryl Streep, uma das maiores atrizes do cinema.

Meninas Malvadas

Também dividiu a cena com outros jovens talentos como ela ao protagonizar “Garota Infernal”, um terror com toques de comédia ao lado de Megan Fox; “Cartas Para Julieta”, um romance com Gael García Bernal; “Querido John”, outro romance, dessa vez com Channing Tatum; e “O Preço do Amanhã”, ação com Justin Timberlake.

Meninas Malvadas

Além disso, atuou como uma das personagens principais do premiado musical “Os Miseráveis”; fez cenas quentes com Juliane Moore no suspense “O Preço da Traição”; interpretou a atriz de filmes adultos Linda Lovelace na cinebiografia “Lovelace”; integrou o elenco da elogiada continuação da elogiada série “Twin Peaks”, de um dos diretores mais consagrados de Hollywood, David Lynch; e fez uma versão mais dark de Chapeuzinho Vermelho em “A Garota da Capa Vermelha”.

Meninas Malvadas

Bastante coisa, né? Em 2018, Amanda brilhou nas telas em outra continuação, “Mamma Mia! Lá Vamos Nós de Novo”, em que dividiu a cena com outra grande estrela, a cantora e atriz vencedora do Oscar Cher. Não é pouca coisa, não.

Meninas Malvadas

E aí, você gosta de “Meninas Malvadas”? Vai vestir rosa nessa quarta-feira para comemorar? Comenta aí qual teu momento preferido do filme e não esquece de perguntar pro crush que dia é hoje. 

SOBRE O AUTOR

Lucas Adolfo

Escrevi meu primeiro livro (de muitos, espero) aos 10 anos e me formei publicitário aos 20. Espero que com 30 ganhe um Oscar - ou vire comentarista da premiação na Globo, pois acho que sou capaz de opinar. Um beijo pra Glória Pires!

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.