Não adianta ser de boas, tem que tocar o terror

Se você também fica esperando ansiosamente pela sexta-feira 13 para tocar o terror, você está errando no primeiro princípio da […]

Se você também fica esperando ansiosamente pela sexta-feira 13 para tocar o terror, você está errando no primeiro princípio da zoeira: SEMPRE É DIA DE ZOEIRA. Porém, se você considerar “tocar o terro” como sinônimo de vingança… veio ao local certo.

Tem gente que estava de rolo com um cara que era casado (e ela não sabia) e pra tocar o terror, pegou o irmão dele são cunhados agora; gente que brincava de ficar vesgo com a prima e dizia que ela ainda estava vesga mesmo quando não estava não pode assoprar senão fica pra sempre e o melhor: quando a mãe brigou e disse que queria que a guria sumisse, ela passou um trote como se tivesse sendo sequestrada mas essa deve ter apanhado hein.

No programa teve participação do Sport Club PampaCats! Para quem não sabe, esta é uma equipe poliesportiva gay que se diverte, joga muita coisa e dibra o preconceito. Mas olha, não termina aí não: tem brinde para o Grupo do Cafezinho que sai HOJE, SEGUNDA-FEIRA (16/04) já que temos 300 pessoas zoando e nos amando no grupo.

Edu Mendonça

Eu colocava pasta de dente no meu irmão enquanto ele dormia e fazia coisas para que ele tivesse cócegas, mas a vingança chegava rápido: mais de uma vez acordei maquiado. Há rumores de que foi por isso que me tornei ator, para as pessoas não desconfiassem da minha maquiagem. Mas nossa, preciso admitir: meu irmão fazia uma baita maquiagem.

 

 

Escute o áudio completo aqui e saiba outras histórias desse programa top.

SOBRE O AUTOR

Ana Szezecinski

Aquela do sobrenome complicado e que usa protetor solar 50. Jornalista.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.