Nova Era | O que sabemos sobre a 9ª Geração de plataformas

Dos concorrentes já conhecidos à novidades de peso dos consoles.

Em 2012 ficamos extasiados momentaneamente pelo singelo e mal compreendido Wii U, da Nintendo. No ano seguinte, a Microsoft promoveu o evento chamado “Green Night”, que nos brindou com o Xbox One, assim como a Sony, que deu vida às fantasias de nossa infância com o “quarto Playstation”. E quais as novidades que o mercado nos trará para o ano que vem? Segundo o Showmetech, as promessas para o final de 2020 incluem o lançamento de plataformas da Sony e Microsoft.

Novidades nas plataformas do Ocidente ao Oriente

A  japonesa Sony ainda nos garante processamento de oito núcleos, suporte à 8K de resolução para o Playstation 5 – que também representa 16x mais resolução que o FULL HD tradicional – além do uso da memória que é a favorita para uso gamer e a Relâmpago McQueen dos HDs: o SSD.

Além das melhoras no hardware, os sonystas serão contemplados com um controle reformulado, suporte à realidade virtual e a tão aguardada retrocompatibilidade com o seu antecessor, o Play 4, permitindo que os players joguem mesmo estando com um console avançado.

A Microsoft não perde tempo e nos instiga sobre o misterioso Project Scarlett, que deverá possuir em média quatro vezes a potência do Xbox One. O novo possante sairá em conjunto com o novo título do clássico dos estúdios da MS, Halo Infinite, em 2020. Além de permitir rodar os games de toda família Xbox, o Scarlett também permitirá o uso dos controles do Xbox One.

Já para a conhecida Nintendo (Big N), especula-se o lançamento de uma versão mais potente do Switch, mas sem confirmações por parte da Nintendo.

Em busca do quarto corredor!

Plataforma

Novas pistas também estão sendo desbravadas pelas desenvolvedoras. A Slightly Mad Studios, conhecida pelas séries Need for Speed Shift e do aclamado Project CARS, anunciou em janeiro que entra com tudo na disputa do mercado

O CEO da empresa, Ian Bell, comentou que será “o console mais poderoso já construído”. Supostamente será possível rodar jogos em 4K à 60 quadros por segundo em realidade virtual.

Matéria realizada por Thierre Cósta, durante Estágio Obrigatório.

SOBRE O AUTOR

Rádio Mix

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.