“Onde está Segunda?” E seus diversos furos de roteiro

A raça humana destruiu a terra. Há superpopulação e escassez de comida. Segunda e suas seis irmãs lutam para sobreviver nesse caos.

Não, não estamos falando da segunda que vem depois do domingo e antes da terça (piada de tio, desculpe por isso). O filme é uma produção original da Netflix e estreou em agosto de 2017. O longa é dirigido por Tommy Wirkola e traz elementos típicos do gênero sci-fi, além de vários furos de roteiro.

Quem é Segunda?

A história se passa em um futuro com escassez de comida e superpopulação. Para manter a raça humana, o governo cria uma lei que proíbe famílias de terem mais de um filho. Nesse cenário, Terrence Settman (Willem Dafoe), é surpreendido pela morte de sua filha após dar à luz sete gêmeas. Como um bom avô, ele decide não entregá-las para a Lei de Alocação de Crianças. Esse projeto do governo resgata os filhos “irregulares” e encaminha eles para a criogenia, onde, futuramente, acordarão em um mundo feliz (só que não).

Terrence e Segunda em um momento fofis.

Terrence e Segunda em um momento fofis.

Para manter as meninas vivas, ele decide treiná-las a viver escondidas e assumirem na sociedade apenas uma identidade. Fora de casa, as sete gêmeas são a mesma pessoa: Karen Settman. Só que para manter isso em segredo foi necessário criar um esquema, cada irmã só pode sair de casa uma vez por semana. A esse momento você já deve ter sacado o porquê de Segunda. Sim, cada uma delas tem o nome de um dia da semana e só podem sair nele.

Segunda, a verdadeira e única Karen Settman.

Segunda, a verdadeira e única Karen Settman.

Então, como nada é perfeito, é claro que deu algo errado. Após sair para trabalhar, Segunda acaba não voltando para casa e isso compromete a segurança de todas as irmãs. Juntas, elas precisam unir seus conhecimentos e habilidades para tentar entender o que está acontecendo, mas sem comprometer seu segredo.

Por que fez isso com a Segunda Netflix?

A primeira coisa que preciso dizer é que, por ser uma produção original da Netflix, eu não esperava tantas falhas no roteiro. A história é interessante e, apesar de trazer clichês (superpopulação, apocalipse etc.), tem também uma parte crítica. Apesar disso, ela foi rebaixada a algo comum e mal feito em diversas vezes. A minha principal crítica é a falta de explicação e sentido para as coisas. Por exemplo, em momento algum se explica o que houve com o avô. Sem falar que a motivação  da vilã Nicolette Cayman (Gleen Cose) é extremamente rasa.

Sobre a tecnologia da época.

Sobre a tecnologia da época.

Fora isso, o mundo apresentado na história é mega interessante, mas o roteiro não explorou isso. Pelo contrário, ao mesmo tempo que as meninas passavam fome e comiam ratos (como a maioria da população), chegavam em casa e tinham acesso a aparelhos tecnológicos de alta qualidade. Tudo isso sem nenhuma explicação. Como toda ficção científica, são esses detalhes que fazem o espectador acreditar que aquele futuro é realmente possível. São esses conceitos que enriquecem a trama, mas infelizmente “Onde está Segunda?” não fez jus a isso.

Assisto ou não a Segunda?

Apesar das críticas anteriores, não acho que esse seja um filme péssimo. Ele tem cenas bem interessantes inclusive. As que mais me chamaram atenção foram as que explicavam como o avô montou o esquema para que elas conseguissem sobreviver. Pense comigo, eles tiveram que encontrar uma profissão que se encaixasse na personalidade de todas. Uma das cenas mais marcantes é quando a Quinta cai e acaba perdendo a ponta do dedo e todas precisam cortar os seus também. Afinal, o que uma sofre, todas precisam sofrer.

Também preciso destacar o talento das atrizes Clara Read e Noomi Rapace, responsáveis por interpretar, respectivamente, as sétuplas crianças e adultas. Já é difícil para uma ator fazer dois personagens, agora imagine sete. As duas estão de parabéns e, ao meu ver, mandaram muito bem. O resto do elenco deixou a desejar bastante.

Leia mais: Para matar a saudade de Harry Potter: Animais Fantásticos!

Leia mais: Fox | Veja o novo trailer de X-Men: A Fênix Negra

Então, eu acredito que se você é um fã do gênero sci-fi vai detestar o filme. Por outro lado, quem não se apega tanto a detalhes ou clichês pode gostar. “Onde está Segunda?” é aquele filme para se ver no tédio, quando você não quer pensar muito, só relaxar. Se a dúvida “ver? Ou não ver?” ainda permanece, deixo para você o trailer:

SOBRE O AUTOR

Eduarda Toledo

Estudante de Jornalismo, apaixonada por Artes Cênicas e, agora, blogueirinha.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.