Star Wars pode retornar com suas grandes lendas

Anúncio de elenco da trilogia clássica para Star Wars: Episódio IX gera teorias, expectativa e receio em seus diversos fãs.

Amigos, essa semana saiu uma notícia confirmando a presença de Carrie Fischer, Mark Hamill e Billy Dee Willians em “Star Wars: Episódio IX”. confirmando assim o retorno de Lando à saga, e também a presença de Luke e Léia, esta última que terá cenas aproveitadas de “O Despertar da Força”, além de computação gráfica.

A notícia alimentou as teorias, expectativas e receios dos fãs, porque como já é de conhecimento geral, existem vários tipos de fãs da saga, os que detestam as prequels (episódios I, II, e III, lançados após a trilogia clássica, que contam a história de Anakin Skywalker, desde seu aprendizado, até sua derrocada, transformando-se em Darth Vader), os que amam os filmes da era Disney, os saudosistas, etc…

 

O grande receio por parte dos fãs da trilogia clássica fica em torno dos destinos de personagens que fizeram história nos episódios IV, V e VI, que tem sido extremamente desfavorável na nova trilogia, o que é uma das grandes reclamações do chamado fandom. Desde que a Disney assumiu a franquia Star Wars, com a compreensível missão de criar novos personagens para um público mais longínquo, simultaneamente desestruturou o eterno protagonista da franquia, Luke Skywalker, o que gerou uma grande polêmica em torno do longa “Star Wars: The Last Jedi”. O público mais antigo alega que as ações do Jedi não combinam com aquele que salvou a galáxia, não perdendo a esperança de resgatar a bondade de Anakin Skywalker/Darth Vader. Em TLJ, Luke chega a pensar em matar o próprio sobrinho, com medo do que este pode se tornar.

 

 

Tudo isso somado a um vilão mimado, contudo mais tridimensional do que Vader antes das prequels existirem, e a Disney dizendo que não faz filmes para os fãs (um grande erro, já que são os fãs que “alimentam” a franquia), criou um receio em relação ao futuro de Star Wars, que causou o fracasso de bilheteria de “Han Solo: Uma História Star Wars”. A grande esperança fica por parte do retorno de J.J.Abrams, que fez um bom trabalho em “O Despertar da Força”, apesar do público ter dito que o longa era muito semelhante a “Uma Nova Esperança”, o filme foi muito bom, criou uma enorme expectativa por sua continuação, utilizou bem os personagens antigos e inseriu bem os novos, e de quebra, foi sucedido nos cinemas pelo maior acerto desta era Disney: “Rogue One: Uma História Star Wars”.

 

 

Apesar da quebra de promessas deixadas pelo episódio VII em TLJ, fica a dúvida do que veremos no próximo, Luke, agora que tornou-se Um com a Força, terá seus poderes expandidos, assim como Yoda, que teve poder suficiente para lançar um raio? Rey aprimorando seus poderes e vencendo Kylo Ren? Poe Dameron tornando-se um General rebelde? Mara Jade? Resta agora apenas aguardar para vermos o que Abrams nos apresentará como conclusão desta que é uma das maiores, ou maior, sagas do cinema.

 

 

SOBRE O AUTOR

Ricardo Azevedo

Mestre Jedi, Guardião da Terra Média, Vingador, agente da UCT e irmão juramentado da Guarda da Noite. Nas horas vagas, diretor de TV e redator/blogueiro, mas 24 horas nerd.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.