Talk Mix fala sobre a história do lo-fi

Neste episódio, são abordados sobre os primórdios da técnica desde a década de 1950 até os dias de hoje, com a viralização do lo-fi hip-hop

Um estilo musical criado a partir de técnicas de gravação caseiras. Este é o lo-fi, abreviação do inglês “low fidelity” (“baixa fidelidade”), tema desta edição do Talk Mix, realizado pelas alunas Rafaela Hermes e Fernanda Ochôa, do curso de Jornalismo da ULBRA. O podcast conta com comentários e explicações de Marcelo Bergamin Conter, professor de produção fonográfica do IFRS.

Nos seus primórdios, nas décadas de 1950 e 1960, os jovens utilizavam os equipamentos mais baratos disponíveis para gravar suas composições experimentais, normalmente na garagem de casa. Com o tempo, a técnica foi se popularizando também com artistas já consagrados, como os The Beach Boys em seu álbum “Smiley Smile” (1967). O movimento punk e as bandas indie nos anos 1980 também adotaram a técnica caseira para espalhar suas mensagens, saindo da centralização da indústria musical, já que o lo-fi era visto como inferior no contexto profissional e desprezado pelos produtores.

Também nessa época, o hip-hop começou a ganhar destaque, sendo uma das inspirações para o lo-fi hip-hop ouvido hoje nas rádios e playlists do YouTube. Porém, a verdadeira inspiração para os “beats” em voga atualmente se dá ao DJ japonês Nujabes, responsável pela trilha sonora do anime “Samurai Champloo” (2004). O compositor usava especialmente jazz e hip-hop em suas composições e a junção da animação com sua música criou a estética icônica do lo-fi hip-hop.

No Brasil, o lo-fi dos anos recentes aproximou as gerações mais novas a cantores consagrados na MPB, como Tim Maia, Alceu Valença e Clara Nunes, trazendo uma revisita inédita para um público que, talvez, não se interessaria de outra forma. 

Quer saber mais? Ouça o podcast completo!

Spoiler title

Lo-fi hip-hop tupiniquim:

Por jdutra:

O Mar Serenou – Clara Nunes 

Você Me Vira a Cabeça – Alcione 

Me Dê Motivo – Tim Maia 

 

Por GabrielMZero:

Wave – Tom Jobim

Azul da Cor do Mar – Tim Maia 

 

Por SATIERF: 

Anunciação – Alceu Valença

 

BÔNUS: playlist “Lofi para Webchurrasco Vol. 1

 

Gringos citados:

The Beach Boys – Álbum “Smiley Smile” (1967) – música “Heroes and Villains”

Beck – Loser 

The Sugar Hil Gang – Rapper’s Delight

KRS-One – MC’s Act Like They Don’t Know

Nujabes – Imaginary Folklore, Tsurugi no Mai

 

Músicas de fundo:

Eric Godlow – Serenity, Reminisce, Summer, Loving You, it’s raining outside

SOBRE O AUTOR

Rádio Mix

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.