Flora Matos: 5 motivos para você ouvir o trabalho dela

A Flora Matos se tornou uma referência no cenário do Rap Nacional. Confira aqui 5 motivos para você conhecer o trabalho dela.

Flora Matos se apresenta quinta, 6, ali no Bar Opinião em Porto Alegre. Com 25 anos de música, a cantora brasilense chega aos 29 anos de idade como referência feminina no Rap Nacional (29 – 25 = 4. Ela começou a carreira subindo no palco com a Acarajazz, banda do pai dela). Aliás, toda essa experiência tornou o som dela diferenciado. Por isso, eu vim dar 5 motivos para ouvir Flora Matos (e ir no show).

1# A sonoridade rica

Quando lançou “Eletrocardiograma”, Flora Matos apresentou um álbum com uma diversidade sonora. Por exemplo, “Quando Você Vem”, anteriormente lançada numa levada R&B, no álbum assume formato Soul. Já “Como Faz”, é uma faixa acústica, enquanto “Deixa Brilhar” apresenta um Trap. Obviamente, você também vai encontrar Rap no trabalho dela, tipo no hit “Petra de Quebrada”.

Na moral, é brilhante uma rapper que reúne diferentes tipos de músicas que tem relação com o Rap.

 

2# Dá vontade de dançar

Como resultado de uma sonoridade rica, várias músicas da Flora Matos dão vontade de dançar. Quando Flora Matos vai do R&B ao Soul, ela consegue criar uma música muito bem equilibrada entre dar vontade de dançar ou de só colocar nos fones e ficar curtindo na sua. Tanto faz, você pode escutar as músicas dela para as duas coisas. Morra dançando no show ou curta à noite só balançando a cabeça.

Escuta “Pretin” e tire suas conclusões:

 

 

3# Discurso como ato

Quem escuta as músicas da Flora Matos pode se perguntar: Cadê as revindicações sociais? Quer dizer, desde o seu surgimento, o Rap é um instrumento de luta e crítica ao sistema. Por isso, você pode sentir falta de alguns valores em algumas muitas letras da Flora Matos. Mas é aí que o jogo vira e ela se diferencia. Ela não fala, mas faz.

Flora Matos tem dois trabalhos lançados: um em 2010 e outro em 2017. Neste meio tempo, ela se desentendeu com várias produtores. O motivo, segundo a própria cantora, é que os produtores não queriam entender a mensagem que ela queria passar. Em entrevista à Noisey, ela disse que isso se tratava de ferir “o ego de um homem em aceitar ordens de uma mulher”.

No fim, ser firme em suas convicções e não aceitar ficar por baixo levou Flora a lançar os seus trabalhos de forma independente. Isto é, ela pode até não falar sobre empoderamento, mas a atitude dela prova isso.

 

 

 

4# Batizada pelo DJ do Racionais Mc’s

Na moral, Racionais Mc’s é o Michael Jackson do Rap Nacional. A obra desses caras é maior que eles mesmos e, portanto, maior que as polêmicas pessoais. Então, quando o KL JAY convidou a Flora Matos para gravar “Véu da Noite”, elevou a moral dela para outro nível.

Sério, não tem o que falar, só escuta isso e sente o novo progredindo com o clássico.

 

 

5# Sempre tem polêmica

Não vamos negar, meu Brasil, a gente gosta de uma treta, né? Sempre compramos um lado nas brigas entre os artistas, mas é senso comum que gostamos das polêmicas. Seja honesto consigo mesmo. Portanto, a Flora Matos é o tipo de artista que fala o que pensa e, vez ou outra, treteia no Twitter. Já rolou tweets carinhosos com o Emicida, Mano Brown, Costa Gold (essa é a parte que você me deixa falando sozinho e vai stalkear ela no twitter, afinal, aqui não é fofocalizando e eu não vou postar print e repercutir esse tipo de fala).

Mas eu vejo isso de uma forma boa, afinal, a mulher tem atitude. E gostamos de artistas com atitude. Se ela está certa ou não, é outra coisa.

 

 

E o show da Flora Matos? rola quando mesmo?

Quinta-feira, dia 6, ali no Bar Opinião em Porto Alegre. A casa abre às 23h, daí rola show de abertura com Zudzilla e Dj MilkShake. Aliás, ainda tem ingresso à venda e a classificação é de 18, ou seja, sem os kids para trollar o rolê.

SOBRE O AUTOR

Everton Ferreira

Estudante de Jornalismo que acredita que sua vida é um roteiro de cinema.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.