Variando entre “gordinho” e “irritado”, líder coreano Kim Jong Un é descoberto com passaporte falso

Se você pode já foi pego pela sua mãe ao sair escondido, garanto que não foi tão constrangedor quanto o […]

Se você pode já foi pego pela sua mãe ao sair escondido, garanto que não foi tão constrangedor quanto o líder supremo da Coréia do Norte sendo pego com passaporte internacional brasileiro.

Conhecido também pela rixa com o presidente dos Estados Unidos Donald Trump, o “Little Rocket Man” (pequeno foguetinho, tradução livre) vive em conflito com o país americano, ameaçando lançar mísseis e começar a 3ª Guerra Mundial.


“Líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un acabou de afirmar que tem ‘um botão nuclear na sua escrivaninha todo o tempo’. Será que alguém do seu regime esgotado e de fome poderia informar ele que eu também tenho um botão nuclear, mas é muito maior e mais poderoso que o dele, e o meu funciona!” – Donald Trump

Para quem não sabe: a Coreia do Norte tem uma visão muito determinista de quase tudo: política internacional, respeito ao líder supremo e ausência de cores alegres (diferente da Coreia do Sul e seus K-Pop). Claro que às vezes queríamos ter o poder do cara e mandar matar qualquer um que nos irritasse – ou simplesmente banir da internet e pedir para a China que parem de relacionar no google o nosso nome com a palavra “gordinho” .

“Por que Kim Jong-un me insultaria me chamando de ‘velho’, quando eu NUNCA chamaria ele de ‘pequeno e gordo’? Bem, eu tento muito ser amigo dele – e talvez um dia isso aconteça” – Donald Trump

Além de ter uma política muito forte contra viagens internacionais (sendo punível com morte), parece que o mesmo não se aplica ao mais novo brasileiro, o “paulista” Kim Jong Un. Foi divulgada, pela agência Reuters, uma imagem de passaporte brasileiro para o líder coreano e seu pai, feitos nos anos 90, com DADOS FALSOS. Ambos passaportes possuíam um carimbo dizendo “Embaixada do Brasil em Praga”, ou seja, eles se diziam brasileiros a cara de brasileiro que é ótima.

APARENTEMENTE, eles queriam pedir vistos para países do Ocidente na época (ou só ir na Disneylândia escondidos, como fizeram já). Com o auxílio de tecnologia de reconhecimento facial, foi confirmado que as fotografias eram sim, de Kim Jong Un e de seu pai. A embaixada da Coreia do Norte aqui no Brasil resolveu não comentar nada eu também não comentaria, que vergonha.

No texto de hoje, aprendemos que:

Suas malandragens sempre serão pegas.

SOBRE O AUTOR

Ana Szezecinski

Aquela do sobrenome complicado e que usa protetor solar 50. Jornalista.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.